Entenda o que é o CMV e como ele pode influenciar seu negócio

A atividade agrícola, em termos amplos de mercado, adota diversas técnicas de gestão e de planejamento.

Nesse sentido, pode-se entender o agronegócio como uma atividade completamente profissional enquanto negócio.

Por isso, cada vez mais busca através de conceitos de gestão sustentabilidade seja ela ambiental, social ou econômica.

O Custo de Mercadoria Vendida (ou CMV) é um deles.

Presente nas áreas da logística e do financeiro, trata-se de um índice para se observar como está o estoque de revendimento, datas de validade, movimentação, etc.

A partir disso, é possível identificar o que te dá mais lucro e o que está lhe dando prejuízo.

Uma definição mais ampla

O custo da mercadoria vendida (CMV) se origina de um produto ou serviço que é necessário adquirir para obter lucro.

Pense que você não apenas produz as sementes, as armazena e as vende sem custo algum.

O CMV é exatamente isso: o custo envolvido não só na compra do produto mas em todos os processos envolvidos até o produto final.

É um importante indicador pois a partir dele é possível ter mais cuidados organizacionais.

Mas como calculá-lo?

A fórmula para calcular o CMV é simples.

Baseia-se na soma das despesas para adquirir/produzir e armazenar a mercadoria, menos os créditos de impostos (ICMS de compra, por exemplo) e soma-se também os impostos envolvidos na venda.

Por isso, é tão importante ter um estoque para calcular o CMV.

O custo para armazenar uma mercadoria é intrínseco à fórmula.

Pense sempre no estoque como um local onde parte de seu capital está imóvel.

Se você comprar várias sacas de milho, ainda será necessário mantê-las armazenadas até a estação de plantio e isso envolve custo.

Implicações do CMV

Como foi dito, é preciso uma boa organização de estoque para calcular o CMV e ter retorno financeiro, ainda mais se as mercadorias em questão estão em grande volume.

Entretanto, as implicações desse custo envolvem não somente o controle de estoque mas um controle de registro de cada mercadoria (código, descrição, data de chegada, data de saída e o valor pago), estar sempre atento à data de validade e estabelecer prazos para repor o estoque a partir de uma saída média de produtos.

Esse cuidados diminuirão esse custo e, consequentemente, aumentarão o seu lucro.

%d blogueiros gostam disto: