Aumente a Sua Produtividade no Trabalho: Residentes de Medicina

Aumente a Sua Produtividade no Trabalho

Aumente a Sua Produtividade no Trabalho: O que aprendi com Residentes de Medicina

Eu não fazia ideia que para entrar na Residência Médica o aluno de medicina precisava estudar tanto. Depois de seis anos de faculdade, para se especializar, ainda presta um novo concurso de residência médica nas áreas de Ginecologia e Obstetrícia, Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia e Radiologia que, às vezes, é mais concorrido do que o vestibular de medicina.

Para obter o sucesso no sonho de passar nas provas de residência médica, os estudantes mais bem sucedidos utilizam algumas técnicas de estudo, que podem ser adaptadas para qualquer concurso público ou para melhorar nossa produtividade no trabalho,, por exemplo.

Separei duas delas que eu mais gostei. Elas são a evolução uma da outra. Veja só:

1 – Técnica Pomodoro

Esta técnica é baseada em intervalos de concentração. Ela foi inventada nos anos 80 e é muito utilizada até hoje.

Sua aplicação é muito simples. Mas você vai precisar de duas coisas antes de colocá-la em prática: Um cronômetro (melhor que não seja do celular) e sua lista de tarefas do dia.

A Técnica Pomodoro consiste na divisão do seu tempo de atenção durante o dia em blocos de 25 minutos (os chamados Pomodoros – esse nome foi dado por conta de um cronômetro em forma de tomate usado na primeira vez).

Durante cada bloco de produtividade de 25 minutos você deverá manter a sua atenção total tarefa em questão (ex: preencher uma planilha, escrever copywrites para blog etc).

Para fazer o proposto pela técnica, durante esses minutos você irá executar a sua tarefa sem nenhuma distração, ou seja, nada de celular ligado e, de preferência, fora do seu campo de visão, nada de conversa paralela e fones de ouvido numa música que estimule a sua concentração (inclusive, no Spotify tem algumas playlists para isso – a moda tem sido escutar lo-fi hiphop).

Após cada Pomodoro, você tirará uma pausa de 5 minutos para relaxar a sua mente, se alongar, tomar um café etc (ATENÇÃO! Fique longe do celular). Passados 4 ciclos desses, a pausa aumenta para 15-30 minutos (agora você pode verificar seu dispositivo).

Se houver qualquer tipo de interrupção no seu bloco de 25 minutos (por exemplo, uma ligação ou uma conversa com um colega de trabalho de 10 a 15 minutos), você terá que “zerar” o seu Pomodoro atual e retornar o cronômetro do zero após voltar à atividade em que estava focado.

Achou muito rigoroso?

Realmente é necessário ter disciplina para aplicar essa técnica. Mas vale muito a pena, afinal, passar nas provas de concurso ou de residência médica é o seu sonho.

Lembre-se que sempre há um processo de adaptação. No início, vai ser um pouco mais difícil, mas mantenha o hábito e dê uma chance a esse tipo de organização de seu tempo.

Mas se você, mesmo assim, você não se harmonizou com essa técnica, há uma “evolução” dela que eu gosto mais.

2  – Técnica por Horas Líquidas Produtivas

A maneira que essa técnica funciona é muito semelhante a anterior. Mas com execução e objetivos diferentes. Você também irá cronometrar o seu estudo, também vai estudar ou trabalhar com foco total (novamente, esqueça seu celular), porém sem rigidez no limite de tempo. A diferença aqui é que você irá manter sua atividade até o cansaço mental e a distração virem, quando isso acontecer, vai anotar o tempo de atenção total que teve em sua tarefa.

A grande maioria das pessoas consegue manter um foco total no estudo ou trarefas do trabalho por volta de 1 hora (algumas menos). Se você consegue manter um foco absoluto acima de 2 horas, quero muito conhecer você.

Assim como na técnica anterior, sempre que você perder o foco, vá no banheiro, tome um café, levante um pouco da cadeira. Repita o ciclo de atenção até a próxima distração. O tempo entre atenção e distração vai variar muito durante o dia, mas não esqueça de contrabalancear tudo.

Controle e meça sua produtividade

A melhor dica que posso te dar é: CONTROLE A SUA PRODUTIVIDADE.

Como? Simples, pessoal. Principalmente com a técnica de Horas Líquidas Produtivas, crie uma planilha simples com o tempo de foco, o tempo de intervalo e uma escala de como você se sentiu no final do período de estudos. No final de uma semana, compare a sua produtividade durante cada um dos intervalos. Assim, você pode ajustar possíveis erros que está cometendo.

Quer conhecer mais sobre melhoria do seu mindset?

Eu aprendi muita coisa com o pessoal da Medway Residência Médica. Mesmo medicina não sendo minha área de atuação, as dicas que eles dão são fenomenais para quem está estudando para passar em concursos ou quer mudar seu mindset para produzir mais no trabalho, por exemplo. Baseei esse minha postagem em uma publicação deles chamada Aumente sua Produtividade nos Estudos.

Não deixe de visitar e compartilhar com seus amigos também nosso Portal, lá você encontrará muito conteúdo interessante.

Se achou algum erro nesse post não deixe de nos informar, pois ficaremos muito agradecidos.

Douglas Lima

Trabalha com conteúdo na Medway Residência Médica, uma empresa de educação para médicos e estudantes de medicina.
Aumente a Sua Produtividade no Trabalho: Residentes de Medicina 1

Últimos posts por Douglas Lima (exibir todos)

Facebook Comments

%d blogueiros gostam disto: