Demanda contratada: o que é, como funciona e tudo que você precisa saber

Demanda contratada O que é e como funciona e tudo que você precisa saber

A chamada demanda contratada diz respeito à potência energética que a distribuidora local precisa obrigatoriamente disponibilizar para o consumidor, conforme estipulado em contrato. O valor equivalente a esta energia deve ser pago integralmente pelo consumidor, mesmo se ela não for utilizada no período.

Não são todos os consumidores que possuem demanda contratada, sendo esta categoria normalmente reservada para empresas com consumo elevado de energia elétrica. Consumidores residenciais geralmente pagam apenas o consumo de energia referente a um período.

Entenda o que é demanda contratada

A demanda elétrica é a quantidade de potência, em kW, que um equipamento exige na rede elétrica para funcionar. Em uma empresa, a demanda total de energia faz referência à potência que o local precisa para funcionar completamente, com todos seus componentes, equipamentos e iluminação.

Quando uma empresa grande começa a operar, ela precisa fazer um contrato com a concessionária fornecedora de energia, informando a demanda elétrica necessária para alimentar suas operações. Esta é a chamada demanda contratada, que deverá ser disponibilizada de forma contínua pela distribuidora.

O recomendado é que as empresas de grande porte contratem profissionais especializados para estimar previamente a demanda energética ideal do empreendimento. Com isso, é possível identificar a demanda que deve ser contratada para garantir o funcionamento pleno da empresa.

E se a demanda contratada for ultrapassada?

A demanda contratada nem sempre será equivalente ao consumo, que pode variar de acordo com a época do ano e os trabalhos realizados. O primeiro conceito diz respeito a uma potência, medida em kW, enquanto o consumo é a potência vezes o número de horas.

Enquanto a empresa sempre precisa pagar pela demanda contratada, mesmo se não consumir toda a energia disponibilizada, o mesmo não acontece se o consumo ultrapassar o que foi estipulado em contrato. Se a empresa consumir mais do que a quantidade que foi contratada, é cobrada uma multa por estouro de demanda.

Energia solar fotovoltaica e redução da demanda contratada

Uma maneira bastante eficiente de manter a demanda contratada sob controle e reduzir a fatura de energia elétrica, minimizando multas por ultrapassagem de demanda, é investir na produção de sua própria energia. Isso pode ser feito a partir de um sistema de energia solar, que utiliza a luz do sol para gerar energia elétrica.

Com um sistema solar fotovoltaico eficiente, uma empresa pode reduzir sua fatura de energia até a taxa mínima, que inclui apenas o valor referente à demanda contratada e outras taxas de iluminação pública. A parcela referente ao consumo excedido pode ser suprida pela energia gerada a partir do sol.

No momento de dimensionar o sistema fotovoltaico ideal para a empresa, aspectos como a demanda energética do empreendimento e demanda contratada também devem ser levados em consideração. Dessa forma, é possível chegar a uma quantidade ideal de energia contratada e produzida, gerando economia para a empresa.

Também podem ser consideradas as normas vigentes do setor elétrico brasileiro e outros detalhes, o que torna ainda mais importante contar com a ajuda de profissionais.

Veja também:

Sistemas solares fotovoltaicos e raios: preciso me preocupar?
Financiamento de energia solar fotovoltaica: 5 opções para você e seu negócio

Frase Motivacional

A diferença entre uma pessoa de sucesso e as outras,
não é falta de força, falta de sorte, nem a falta de conhecimento,
mas sim a falta de determinação.

Você pode fazer perguntas ou compartilhar suas ideias por meio do formulário de comentários abaixo.

Não deixe de visitar e compartilhar com seus amigos também nosso Portal, lá você encontrará muito conteúdo interessante.

Se achou algum erro nesse post não deixe de nos informar, pois ficaremos muito agradecidos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: